Tel.: (11) 3641-9867 | 3645-1720 | 2309-4026

Orientações Gerais

Ao adquirir um animal de estimação, certos cuidados devem ser tomados, em especial se ele for um filhote. É indispensável para a saúde de seu novo amigo um exame clínico geral e a vacinação. Em casos de emergência, nunca administre qualquer medicamento ao seu animal antes de falar com seu Veterinário. Uma medicação incorreta pode camuflar sintomas ou agravar ainda mais o problema.

Vacinação:
De extrema importância para a vida futura de seu animal, a vacinação visa a proteção do seu animal de estimação contra as mais variadas doenças infecciosas. Para ser bem sucedida, a vacinação deve ser seriada, isto é, deve existir um esquema que comporte várias doses de vacinas, em especial no referente a filhotes.

Isto se deve ao fato dos animais não responderem ao mesmo tempo à vacinação. Um esquema de doses múltiplas serviria para, então, proteger tanto os animais mais precoces quanto os mais tardios, no que diz respeito à formação de resistência imunológica.

O animal a ser vacinado deve gozar de excelente saúde e não sair à rua ou entrar em contato com outros animais que possam transmitir doenças.
Seu animal somente estará protegido contra as diferentes doenças após terminado todo o esquema de vacinação.

O reforço anual de todas as vacinas é necessário e imprescindível para a boa saúde de seu animal.

Vermifugação e Controle de Parasitas:
Os cães e gatos são frequentemente acometidos por parasitas, que podem ser externos (pulgas, sarnas, carrapatos) ou internos (vermes).

O exame periódico de pele e fezes é a melhor maneira de se determinar a presença e o tipo de parasitas que acometem o animal, e também definir o tratamento adequado.

Deve-se promover uma vermifugação a cada 6 meses, no mínimo.

Nutrição:
Assim como você, seu animal de estimação tem um requerimento nutricional específico: proteínas para o crescimento e reparo dos tecidos; carboidratos como fonte de energia; vitaminas e minerais para saúde geral. A alimentação deve conter necessariamente, fontes de carboidrato, proteina, fibras, gordura, minerais e vitaminas, devidamente balanceadas e nas proporções que cada espécie, tamanho e fase da vida do animal exigir. Animais jovens devem ser alimentados várias vezes ao dia.

A quantidade diária da alimentação é calculada pelo peso, idade, espécie e raça e deve ser administrada conforme o hábito alimentar do animal de estimação.

Com isto, temos nas rações comerciais a forma mais saudável, prática e econômica para perfeita nutrição dos animais de estimação.

Higiene:

  • Banhos – intervalo mínimo de um banho por semana usando sabonetes e shampoos apropriados às necessidades do animal.
  • Atenção: banhos frequentes, reduzem as barreiras naturais de defesa da pele e tornam o animal mais susceptível a problemas dermatológicos.
  • Animais de pêlos longos necessitam de escovação (com escovas e pentes adequados) quase que diariamente.
  • Inspecionar sempre, ouvidos, unhas e dentes.
  • Para evitar a formação de tártaro dentáreo, escove os dentes do animal em dias alternados, utilizando somente água e escova.

Animais de estimação, em especial os cães, observam e assimilam tudo o que é ensinado num período que abrange o 4º mês de vida até por volta de 1 ano e 4 meses e isso aliado com o ambiente em que vive e a raça, vão originar sua personalidade.

ORIENTAÇÃO GERAL
M. V. SERGIO L. A. PITARELLO